domingo, 20 de maio de 2018

TEXTO 45/2018/ A ESCRITA COMO INSTRUMENTO DE PAZ




          “Escrever é um verbo intransitivo, o meu modo de rezar” Mia Couto



        Há uma técnica que se aplica em grupos como forma de desabafar, livrar-se dos problemas e, sobretudo, aprender a superar o que incomoda sem magoar outras pessoas. Consiste em pedir que escreva em uma folha em branco aquilo que perturba. Após, amassar bem e abrir para ver se o mesmo volta a ficar liso como antes. Por mais que se tente ele não fica igual. Pois bem, com os indivíduos isso também ocorre. Por que soltar palavras que possam ferir, romper vínculos, ou, simplesmente, ferir? Superar, sublimar, ser resiliente é a melhor opção. Não é fácil, mas é possível. Não é desejar ser santo, mas ser uma pessoa melhor a cada dia. Parece impossível em uma época que vivemos, intensamente, uma vida virtual. E, neste ambiente, observamos muita agressão, muitas palavras raivosas, falta de respeito com o outro, embora tenha muitos aspectos positivos para todos, para as relações interpessoais, sociais, comerciais em qualquer parte do planeta.
Impossível retornar ao sistema anterior, e nem queremos tal, o que desejamos é que neste ambiente se sobreponha o bom senso,
Observamos em vários grupos xingamentos, palavras grosseiras, agressões verbais gratuitas por que não gostou do que leu. E o pior é que o escrito corresponde a opinião de outro que não endereçou nada àquele suposto interlocutor que leu e respondeu de forma desastrosa.
É preciso um autopoliciamento, autocontrole para não sair ofendendo criaturas que não conhece, não sabe a história nem os motivos de escrever o que colocou na rede.
Escrever é um ato importantíssimo. Podemos estabelecer pontes, criar vínculos, tocar as pessoas, oferecer exemplos positivos, educar, criar empatia, então que sejam sempre dizeres que façam bem, que ajude a superar situações difíceis vivenciadas, ou que ofereçamos momentos de lazer, de ludicidade, de crescimento.
Temos muita responsabilidade ao escrever pela extensão do que dizemos e de quem atingimos, pois abrimos o coração, falamos do pessoal, das nossas convicções. É algo muito pessoal. E mesmo sendo assim ainda encontramos quem tenha coragem de copiar textos que são publicados e reproduzir sem citar a fonte. Felizmente, podemos nos reportar ao local onde foi publicado e solicitar a retirada de tal texto o a colocação dos devidos créditos.
Pensemos no que desejamos para nós, para nossos entes mais caros e façamos dos ambientes que frequentamos, quer físico, virtual ou literário ambientes de crescimento como pessoas, de engrandecimento da raça humana promovendo através do que escrevemos sentimentos de harmonia, gratidão e paz.

                                                                                Isabel C S Vargas
                                                                                 Pelotas/RS/Brasil

quinta-feira, 17 de maio de 2018

OS CONFRADES DA POESIA 97 /MAIO 2018


NOITE ESTRELADA


 Brilhantes, elas dão um toque mágico no céu
 Encantando os olhos ávidos de beleza 
Que à noite as procuram
 Tentando encontrar caminhos 
Não encontrados na terra.


 Mágico tapete por Deus decorado, 
O céu parece trazer paz a todos os seres.
 De dia pelo azul infinito 
À noite, pelo brilho das estrelas. 

Diamantes puros a indicar rotas aos viajantes, 
Objeto de estudo dos astrônomos 
Preciosas para os românticos,
Luz a resplandecer belezas sem par. 

Distantes dos mais simples mortais, 
São companheiras fiéis dos desafortunados, 
A secar suas lágrimas por seu esfuziante brilho 
Que afasta qualquer dissabor. 

Quero a todas saudar em agradecimento à beleza gratuita
 Que para a eternidade quero levar 
A indicar o caminho a tomar 
Para meu Deus e meus amores encontrar. 

Isabel C S VARGAS - Pelotas/RS/ Brasil



página 7/12

MEU TEXTO EM REVISTA EISFLUÊNCIAS DE ABRIL 2018

Isabel C S Vargas
ACRÓSTICO MIGUEL DE CERVANTES
Isabel C S Vargas

 
M iguel de Cervantes Saavedra escritor e dramaturgo espanhol
I niciou o realismo em Espanha onde nasceu em 1547.
G alatea foi sua primeira novela editada em Madri em1585.
U m dos personagens mais famosos na literatura ocidental é Quixote.
E screveu poemas dramáticos "Los Tratos de Argel" e "La Mumancia".
L evou uma vida entre a literatura, pajem do rei, soldado, coletor de impostos.

D evido a atrasos em prestar contas de impostos fica preso por três vezes.
E É atribuída à esta época a escrita da primeira parte de D.Quixote.

C ontam os biógrafos que a publicação foi sucesso imediato em 1605
E devido a isto republicada por seis vezes no mesmo ano.
R eparte seu tempo entre negócios e a literatura.
V árias cidades reivindicam a sua naturalidade.
A s próximas publicações são "Novelas Exemplares" e "El Viaje del Parnaso".
N o ano de 1614, surge uma falsa segunda parte de Dom Quixote por Avellaneda.
T odavia, em 1615, Cervantes publica a segunda parte de Dom Quixote
E a denomina Dom Quixote "Delingenioso Cavallero Dom Quixote de La Mancha".
S ua morte ocorreu em Madri em 23 de abril de 1616.

Isabel C S Vargas
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
http://www.isabelcsv3.blogspot.com

BLOG : SEGUINDO EM FRENTE

http://www.carmovasconcelos-fenix.org/revista/eisFluencias/51-Abril18/eisFluencias_Abr_2018_8_51-31.htm

REVISTA EISFLUÊNCIAS DE ABRIL DE 2018

ABRILde 2018
Ano VIII - Número LI



341 autores de residência em 13 Países (31 novos autores)

2
Alemanha
  
8
Angola
9
Argentina
277
Brasil
2
Cabo Verde
2
Equador
3
Espanha
3
EUA
8
Moçambique
23
Portugal


1
Suiça
1
Uruguai
2
Venezuela
ÍNDICEPor ordem alfabética
(CLIQUE NO Nº DE PÁG)
AUTORES
AUTORESPág
Abelardo Nogueira
Adélia Einsfeldt
Admilson Faria (Poeta Magnata)
Adriana Garcia
01
Juraci da Silva Martins
Jussara Maria Nodari Lucena
Kalil Guimarães
Keula Rodrigues  
43
Adriana Quezado
Aida Viegas
Alberto Chetula Poeta
Alberto Lisboa Cohen
02
Laerte Sílvio Tavares
Larissa Bender Cardoso
Lauro Kisielewicz
Leomária Mendes Sobrinho
44
Alcione Sortica
Aldo Moraes
Alessandro Borges
Alfredo dos Santos Mendes
03
Leticia Arruda  
Leunira Batista Santos Sousa
Ligia Tomarchio
Lin Quintino
45
Alfredo Pérez Alencart
Alicia Borgogno (GOLONDRINA)
Amália Faustino
Amélia Luz
04
Lisié Champier
Livia Josefina Herize Fuentes
Lorena Cardoso Justino  
Lorena Zago
46
Amilton Maciel Monteiro
Ana Carolina Machado
Ana Dias
Ana Luzia Moura Nunes
05
Lucas de Jesus Silva 
Luciana do Rocio Mallon
Luciene Freitas
Lúcio Reis
47
Ana Maria Nascimento
Ana Navone
Ana Rosa
André Anlub
06
Luís Nhazilo
Luiz Bertini
Luiz Damo
Luiz Gilberto de Barros - Luiz Poeta
48
Antonio Cícero da Silva (Águia)
António D'Araújo
António Justo
Arahilda Gomes  
07
Lusandro Oliveira Leite
Madalena Gomes
Mafemane de Castro
Magno Guedes
49
Arcélio Alfredo Zitha
Ariovaldo Cavarzan
Arnaldo Golino
Arnaldo Leodegário Pereira
08
Manoel Virgílio Cortes
Manuel (D’Angola) de Sousa
Manuel Gonzalez Alvarez
Mara Narciso
50 
Artemiza Correia
Ary Franco (O Poeta Descalço)
Basilina Divina Pereira  
Beco da Preta
09
Marcelo de Oliveira Souza
Márcia Mendonça
Marco Pasquini
Marcos Penna
51
Beti Rozen (Rozencwajg) 
Bilá Bernardes
Bruno Valverde
Camila Gomes
10
Mardilê Friedrich Fabre
Maria Alicia Gómez de Balbuena
Maria Alves Lamanna
Maria Antonia Nascimento Pinto 
52
Carla Cristina Gomes
Carla Torrini
Carlos Costa
Carlos Lúcio Gontijo
11
Maria Aparecida Felicori{Vó Fia}
María Cristina Garay Andrade
Maria da Fonseca
Maria da Glória Jesus de Oliveira
53
Carmem Aparecida Gomes
Carmo Vasconcelos
Carolina Ramos
Catharie Brandão de Souza
Catherine Roos
12
Maria da Guia Lima Cruz  
Maria de Lourdes S. Rossi Machado
Maria Eduarda Leiria Oliveira
Maria Goret Chagas
54
Cecy Barbosa Campos
Celso Ferruda (poeta marceneiro)
Cezar Ubaldo
Chico Bento
13
Maria Ioneida de Lima Braga  
Maria José da Silva Santos
Maria Lenir Alves Ribeiro
Maria Luiza Bonini
55
Ciraiane Alves Aguiar
Cirlene Setúbal
Clara Setúbal
Cláudio Dortas Araújo
14
Maria Olga Oliveira Lima
María Sánchez Fernández
Maria Teresa Freire
Mariana Barbosa
56
Cleidirene Rosa Machado
Clevane Pessoa
Conceição Maciel
Conceição Oliveira
15
Mariana Lima  
Marina Barreiros Mota
Marinês Bonacina
Marinez Stringheta - Mara Poeta
57
Cristiane Grando
Cristina Olivera Chávez
Daio Alberto Marques
Dalva Maria de Araújo Sales
16
Marisa Schmidt
Marley Silveira Poletto
Marli Terezinha Andrucho Boldori
Marli Voigt
58
Damião Oliveira
Danielly de Souza De Oliveira
Dayvton Almeida (O Ser Poeta)
Débora Bianca Xavier Carreira 
17
Maroel da Silva Bispo (Lobo solitário)
Maura Soares
Meire Perola Santos
Mercília Rodrigues
59
Deby Veneziano
Deise Torres
Delma Gonçalves
Deodato António Paias
18
Mhario Lincoln
Mila Lopes
Mitiko Une  
mongiardimsaraiva
60
Deusa Orquídea
Dinho Aguiar
Dom Moysés Barbosa
Dora Lúcia Couto de Magalhães
19
Monica Puccinelli
Naná F. Gonçalves-Nazaré G.(Naná)
Natália Hoppen Mazui
Natália Lopes  
61
Eda Carneiro da Rocha - "Poeta Amor"
Edeilton dos Santos (Dé Barrense)
Edilde Candido  
Editt Schimanoski de Jesus
20
Nathália Macedo D’Arriaga
Nemilson Vieira de Morais
Neusa Marilda Mucci
Nicolau Saião
62
Ednaldo F. dos Santos
Eduardo Almeida
Eduardo Angelus de Almeida
Edvaldo Rosa
21
Nídia Vargas Potsch
Nilza de July da Costa e Silva
Noeli Tarachuka
Noeme Rocha da Silva
63
Edvalter Moreira
Efigênia Coutinho Mallemont
Elio Bittencourt Moreira
Eliza Gregio
22
Nuno L. Pimentel 
Nuno Rebocho
Octaviano Joba
Odenir Follador
64
Elói Fonseca
Elza Melo
Eugênia Diana da Silva de Camargo
Eunice Guimarães
23
Ógui Lourenço Mauri
Oleg Almeida
Olinda da Silveira
Olinto Simões  
65
Evandro Ferreira
Evandro Guimarães de Sousa  
F. Corte Real
Felipe Aquino
24
Olivia Beltrão
Olívia de Fátima Batista Miranda
Paola Rodhen  
Paulo Schenini
66
Florência Macedo D’Arriaga
Francinete Azevedo
Francisco Elíude Pinheiro Galvão
Frassino Machado
25
Paulo Vasconcellos
Pedro Kialongo Avelino
Pettersen Filho
Piedad Romo-Leroux Girón
67
Gabriele Loureiro Bruschi
Geni de Araújo Costa
Gilberto de Sousa Moura
Gilberto Nogueira de Oliveira
26
Plácido Ferreira do Amaral Júnior
Rafaela Azambuja  
Raimundo Rocha
Raquel Lopes da Silva
68
Gilda Pinheiro de Campos
Girlane Florindo  
Gislaine Canales
Giulieny Matos  
Gleison Mákalas Paulino
27
Regina Alonso
Regina Caciquinho
Rejane Machado
Renã Leite Corrêa Pontes
69
Gonçalves Gonga - Dominitchiy
Gonçalves Handyman Malha  
Hazel de São Francisco
Helena Feiden
Helena Martins
28
Renata Barcellos
Renata Gommes
Renata Machado Gianichini Cardoso
Ridamar Batista  
70
Helenice Maria Reis Rocha
Henrique Mendonça Alves Vieira 
Heralda Víctor
Hilda Augusta Schiavoni
29
Rita Queiroz
Rita Rocha
Rosa Leme
Rosa Lía Cuello
71
Humberto Napoleón Varela Robalino
Humberto Pinho da Silva
Ilda Maria Costa Brasil
Ime Biassoni
30
Rosalina Herai
Rosalinda Pessoa Mildner
Rosangela Calza
Rosangela de Oliveira Santos
72
Irá Rodrigues
Irene Mercedes Aguirre
Irma Pereira Pontes Vasquez
Isabel C S Vargas
31
Rosinha Bonette
Rozelene Furtado de Lima
Ruy Serrano
Sáh Benedicto
73
Isabel Furini
Isabel Sprenger Ribas
Ismeraldo Pereira Sousa  
Ivan Silveira Braga
32
Sanjo Muchanga
Sérgio Diniz Barros Guedes
Sidney Ferreira de Castro
Silas Correa Leite
74
Ivone Boechat
Izabel de Azevedo Guimarães
Izabel Eri Camargo
Jaak Bosmans
33
Silvano Lyra - O Poetizante
Silvia Ângela Rabone Palma
Silvino Potêncio
Sonia Cardoso
75
JackMichel
Jair Pedro de Sant’Anna
Jandyra Adami
Jane Guimarães
34
Sonia Nogueira
Sonia Regina Rocha Rodrigues
Sueli do Espírito Santo
Suely Saad  
76
Janete Veiga
Jania Souza
Janny Lopes
Jarbas Junior
35
Susana Angélica Orden
Tânia Brito de Melo
Tânia Diniz
Teodora Ramos Urcino
77
JAX
Jereh Muniz
João Alberto de Faria e Araújo
João Alberto Lemos Afonso  
36
Teresinka Pereira
There Válio
Tiago - António Barroso
Tiago Emílio Rosado
78
João Baptista Herkenhoff  
João Bosco Soares dos Santos
João Carlos Hey
João Coelho dos Santos
37
Tonny Cota
Urda Alice Klueger
Valdir Cremasco
Valentina Nascimento Pinto
79
João Fernando André - Kalunga
João Marcos Malucelli
João Silva de Souza
Joaquim Branco
38
Valeria Pisauro
Válter Júnior  
Valterlei Salmazzo
Vanderli Granatto
80
Joaquim Marques
Jorge Cortás Sader Filho
José Alfredo Evangelista
José Coelho Maciel
39
Vanildo Muzime
Venancio Castillo
Vera Maria Cândido Sangiorgi
Vera Passos
81
José Ernesto Ferraresso
José Hamilton Brito
José Hilton Rosa
José Miguel Cumbi
40
Vicentina Maria da Silva
Vieirinha Vieira
Vilma Santos
Vilmar da Veiga -Veiga Poesias
82
José Renato Nalini 
Jose Ribamar Bessa Freire
José Valdson de Santana - Prof.Valdson
Josue Ramiro Ramalho
41
Virgínia Branco
Virgolino Lima
W.J.Solha
Wilson de Oliveira Carvalho
83
Jota Clavijo
Júlia Silva Luiz
Juliani Gomes dos Santos
Jullie Veiga
42
Yanni Tugores
Yara Nazaré
Yna Beta
Yolanda Castillo
84
Zélia Chamusca
85